famosos,fofocas de famosos,celebridades,novelas,resumo das novelas,

6 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Proteína

Essas quantidades enormes de proteína que você come, eles estão ajudando? Muitos acreditam que quanto mais proteína você come, mais músculos você vai ganhar, mas isso não é inteiramente verdade. Descubra aqui 6 coisas que você precisa saber sobre a proteína.
6 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre Proteína

Ela é essencial para a sua sobrevivência.

A proteína é um componente de todas as células, tecidos e órgãos do nosso corpo. Quando comemos proteínas, é digerida em aminoácidos, que são considerados os “blocos de construção” da vida, pois eles são responsáveis ​​pela criação de todas as outras proteínas que o nosso corpo necessita.

Nem todas tem fontes iguais.

Diferentes fontes de proteína fornecem diferentes aminoácidos. Os alimentos que fornecem todos os aminoácidos essenciais, ou aqueles que não podem ser feitas por nossos corpos, são chamados de proteínas completas e são provenientes de alimentos de origem animal como carnes, aves, peixe, leite, ovos e queijo. As proteínas incompletas são baixas em aminoácidos essenciais e incluem alimentos como feijão e arroz. No entanto, você pode combinar todas essas fontes para garantir que você obtenha todos os aminoácidos essenciais que você precisa.

Você não precisa de tanta proteína quanto você pensa.

A ingestão diária de proteína recomendada é de 46 gramas para mulheres com idades entre 19-70 anos e 56 gramas para homens entre 19-70 anos de idade. Isso equivale a 10-35% de sua ingestão calórica diária.  É recomendado que você consuma 0,36 gramas de proteína para cada quilo de peso corporal. Por exemplo, se você pesa 160 quilos, você deve consumir 58 gramas de proteína por dia. Um estudo entre 2005-2006 descobriu que os homens com idade acima de 20 anos estavam consumindo 101,9 gramas e mulheres da mesma idade estavam tomando em 70,1 gramas de proteína. Isto significa que a maioria das pessoas estão recebendo quase o dobro da quantidade de proteínas de que necessitam.

Você pode obter uma quantidade suficiente de proteína sendo vegetariano.

Para aqueles que optam por não comer carne, ainda existem amplas formas de obter a sua ingestão diária recomendada. Fontes não-animais de carne incluem feijões, nozes, manteiga de amendoim, leite de amêndoas, sementes, grãos integrais e proteína de soja, entre outros.

Mais proteína nem sempre é igual a mais músculos.

Comer proteína nem sempre equivale diretamente a mais massa muscular. Um artigo de 2004 de uma revista americana de esportes,  afirmou que o aumento de proteína irá proporcionar uma vantagem “mínimo” de músculos e que a massa corporal magra pode ser mantida com uma grande variedade de dietas ricas em proteína. 

Dieta rica em proteína pode prejudicá-lo.

Muitas vezes, alimentos ricos em proteínas, como carne vermelha e produtos lácteos, contêm altos níveis de gordura saturada, estes alimentos podem aumentar a quantidade de colesterol ruim em seu corpo e, assim, colocá-lo em um maior risco de doença cardíaca. Em pessoas que sofrem de doença renal, dietas de alta proteína colocam uma pressão extra sobre os rins , na tentativa de eliminar os subprodutos do metabolismo proteico . Além disso, algumas dietas com alta proteína sugerem limitar a ingestão de carboidratos. Isto pode resultar numa falta de outros nutrientes importantes , bem como fibras, o que pode causar sérios problemas de saúde.
A informação na internet relacionado a proteína é amplamente dominado por sites que promovem dietas de alta proteína e suplementos. Uma dieta equilibrada , como sempre, é o melhor. Antes de iniciar qualquer dieta , porém, você deve conversar com seu profissional de saúde.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações

Pesquisar este blog

Seguidores do Google+